Pesquisa global

Define localização actual
Juntar-se A
Sair Da Sessão
user image
Meu perfil
Sair da sessão
While we do our best to ensure the accuracy of our listings, some venues may be currently temporarily closed without notice. Please confirm status on the venue website before making any plans.

Melhores monumentos em Paris

, 21 Opções disponíveis

Fundada em 1257 por Robert de Sorbon, O capelão de Rei Saint-Louis, a Sorbonne em Paris é famosa ao redor do mundo. No seu humilde início, apenas 16 estudantes estudavam teologia ali. Agora, milhares de estudantes se- esforçam para aperfeiçoar suas habilidades nas diversas áreas de estudo. A capela é o único edifício que fica dos aqueles planejados pelo Cardeal de Richelieu, diretor da universidade, em 1626, que foi sepultado na capela. As actividades da universidade foi suprimida durante a Revolução Francesa por um decreto em 1791, porém a universidade foi restabelecida por Napoleão em 1806. Com uma obra que começou no final do século 19, uma nova Sorbonne foi criada através da adição do Palais Académique, o Grande Amphithéâtre e a Grande Bibliothèque durante um projeto de reconstrucção enorme. Hoje, a Sorbonne continua a acolher os melhores estudantes e investigadores provenientes da França e dos vários lugares do mundo que trabalham e aprendem em conjunto.

Apenas algumas pessoas sabem que o terceiro maior museu do mundo servia como a principal residência dos reis franceses e imperadores por seis séculos. A velha fortaleza foi erguida em 1190 sob o reinado de Filipe Augusto para proteger o reino da invasão das tribos do norte (os Vikings). Durante o século XIV, o palácio foi estendido pelo Charles V e tornou-se pela primeira vez a sede da residência real. As maiores mudanças no palácio original foram efetuadas sob as ordens do rei François I. A medieval Grosse Tour foi destruída e substituída por um sumptuoso palácio, ainda considerado uma obra-prima da arquitectura renascentista. Em 1594, Henri IV decidiu construir uma passagem entre o Palácio do Louvre e o Palácio Tuileries, ainda conhecido como o "Grande Galeria". O "Cour Carrée" foi parte de um vasto programa conduzido sob Luís XIII e Luís XIV para embelezar a residência do rei e é um símbolo do período clássico. Depois da mudança de Luís XIV para Versailles, o Louvre teve um período estático. A mais recente construcção é a pirâmide de vidro erguido por Leoh Ming Pei sob as ordens do então presidente Mitterrand, que hoje serve como a principal entrada para o museu. Com 35.000 peças e uma superfície de cerca de 69.000 metros quadrados, o Louvre não pode ser visitado num só dia. O museu compreende oito departamentos. Além da famosa Mona Lisa de Leonardo da Vinci e da Festa de casamento em Caná do Veronese, ainda pode ver as pinturas do renacimento italiano tais como (Tiziano, Rafael, etc.), ou as obras dos pintores holandeses como Rubens, Van Eyck, bem como a Lacemaker do Vermeer. Dicas importantes: Seja paciente e compre os seus ingresos pela Internet, evitando as longas filas. Venha também à noite para ver as pirâmides iluminadas.

Construída entre 1764 e 1790, este impressionante edifício foi encomendado pelo rei Luís XV em homenagem a Saint-Genevieve a benfeitora de Paris, que o havia curada de uma estranha doença. A obra foi finalizada depois da revolução francesa e foi transformada num mausoléu para os grandes homens franceses. Hoje os visitantes admiram este exemplo da arquitectura neoclássica, lugar de descanso de famosos escritores e filósofos tais como Emile Zola, Victor Hugo, Jean-Jaques Rosseau, Voltaire, os cientistas Pierre e Marie Curie e André Malraux, um ministro na época do general de Gaulle. A arquitectura da fachada é reconhecidamente inspirada no Panteão romano. A cúpula de 83 metros de altura parece como a cúpula da Catedral de São Paulo em Londres bem como da capela Invalides também em Paris. O monumento localizado na entrada das tumbas, é uma homenagem a Diderot e é incrivelmente belo, foi decorada por afrescos de Saint-Genevieve.

21 0 5 melhores-monumentos_TA1 2

Melhor